Saudades de Ti, Senhor...

Pode alguém sentir saudade de algo que se tem?
Sentir saudade Daquele que está perto e nunca se foi?
Pode uma alma desejar ter aquilo que já está nela?
Senhor, se vos possuo, porque ainda tenho saudades de Ti?

Esse sentimento que invade minha alma,
como se não fosse o bastante para saciar-me,
ainda que eu passasse todas as horas da minha vida em adoração a Ti.
E será que eu já não passo?
Tudo o que eu realizo é com o mais puro desejo de Te adorar.

Ah… Como eu queria somente adorar-Te!
E acho que encontrei o sentindo da minha alegria!
É que descobri que posso viver a minha vida inteira a Te contemplar,
E entrar na clausura do meu coração, sempre e quando eu quiser.
E ali, minha alma unida a Tua,
torno-me livre para amar e qualquer coisa realizar.
Sem que seja interrompida nossa íntima ligação.
Pois se estou em Ti e estás em mim;
se sou tua e Tu és meu,
Todos os meus atos serão somente adoração.

Mas então, meu Senhor, porque sinto saudades de Ti?
Porque, embora tendo-vos em mim e sentindo-me em Ti,
Minha pobre alma é incapaz de gozar aqui na terra
da plenitude de Sua presença.
Por isso, sempre me falta algo, sempre me falta mais.

Então vos peço, meu Senhor:
Guardai-me o lugar que fostes preparar para mim
E guardai também minha alma, para que eu nunca me perca.
Quero um dia saciar-me.
Quero ver-te, oh meu amado!
Enquanto isso, aqui eu vivo
E ainda posso dizer: Saudades,
Saudades, Meu Senhor!


Marcelle Peres



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário